Malu Carneiro Campos

Desde 1995 ela atua sobretudo como Produtora Executiva, sendo responsável por  mais de 300 projetos audiovisuais para cinema e televisão. Em cinema, produziu o segunda longa-metragem do Philippe Barcinski, Entre Vales. Coproduziu os filmes-documentários Cartola – Música para os Olhos de Lírio Ferreira e Hilton Lacerda e Moro no Brasil de Mika Kaurismaki.  Foi coprodutora, também, do terceiro longa de ficção, Febre do Rato, de Cláudio Assis e do filme Tatuagem de Hilton Lacerda. Com os documentários Oscar Niemeyer – O Arquiteto do Século (co-produção da People&Arts e ARTE Alemanha), Os Brasileiros (para Discovery Channel) e Os Filhos do Sol (para o People & Arts), foi três vezes finalista do Emmy International. Além dos documentários, produziu séries de programas para TV como Gerações (com Ferreira Gullar) e Irritando Fernanda Young (GNT). Já recebeu muitos convites para participar de fóruns e mercados internacionais. Em 2012/2015, foi convidada com júri do Japan Prize, competição audiovisual para programas educacionais e culturais, organizado pela NHK do Japão.

Currículo completo aqui

Hilton Lacerda

Nascido na cidade do Recife, Nordeste do Brasil, Hilton Lacerda se destacou pelos roteiros de filmes como Amarelo Manga (2002, direção de Cláudio Assis), Filmefobia (2008, direção de Kiko Goifman), A Festa da menina morta (2008, direção de Matheus Nastchergale), Febre do Rato (2011, direção de Cláudio Assis), Árido Movie (2006, direção de Lírio Ferreira), entre outros. Todos exibidos com destaque em festivais nacionais e internacionais de prestígio como Brasília, Gramado, Festival do Rio, Mostra Internacional de São Paulo, Berlim, Locarno, Roterdã, Havana, Bafici, Cannes etc. Dirigiu o documentário Cartola – Música para os olhos (2007, parceria com Lírio Ferreira). Com Tatuagem assina sua primeira ficção como diretor.

Currículo completo aqui

Rodrigo Campos

É diretor e roteirista, além de sócio e coordenador de projetos da Pacto Filmes. Dirigiu documentários como os das séries Teimosia da Imaginação (Polo deImagem / exibida pela TV Cultura), Expresso (Loma Filmes / a ser exibida pelo canal Cine Brasil TV) e o média-metragem Cicero, sobre o filósofo, poeta e letrista, Antonio Cicero, dentro da série República da Poesia (Pacto Filmes / em finalização, a ser exibida pelo canal Curta). Está lançando seu segundo curta-metragem de ficção, Orbitantes. Encontra-se em fase de pré-produção de seu primeiro longa documentário para cinema, O Olho do Camaleão – Siron Franco, ganhador do FSA, e em fase de elaboração de roteiro de seu primeiro projeto de ficção de longa-metragem, Refluxo, cujo argumento também foi ganhador do FSA. Tem mestrado em realização de cinema e TV pela Universidade de Bristol e bacharelado em estudos do cinema e televisão pela Universidade de Londres – Birkbeck College.

Currículo completo aqui

Anna Carolina Francisco

Roteirista, nascida em São Paulo, Brasil e formada Bacharel em Audiovisual pelo Centro Universitário SENAC. Trabalhou como pesquisadora de referências para publicidade e como assistente de direção em filmes publicitários. Desde sua formação trabalhou paralelamente em diferentes roteiros de longa-metragem em parceria com o roteirista e diretor Hilton Lacerda e hoje se dedica exclusivamente à função, tendo escrito o roteiro do filme Big Jato, com direção de Claudio Assis, ganhador de diversos prêmios no Festival de Brasília em 2015, entre eles Melhor Filme e Melhor Roteiro. Além dos roteiros de longa-metragem, participou do núcleo criativo Moedor, da produtora Polo de Imagem, contemplado no edital do Fundo Setorial de Núcleos Criativos em 2014. Seus trabalhos mais recentes incluem Piedade, novo longa-metragem de Claudio Assis e as séries Lama dos Dias e Chão de Estrelas, ambas comercializadas para o Canal Brasil.

Currículo completo aqui

Angélica Moura

Atua como produtora audiovisual desde 2000. É pós-graduada em Gestão e Produção Executiva para Televisão pela FAAP. Participou da produção de longas-metragens como Real, o plano por trás da História (2016), Sudoeste (2011) Luz nas Trevas (2010), além de séries para televisão como Super Libris (2016) para o SESC-TV. Já produziu diversos documentários, entre eles, Obras da Cidade (2003) e Expresso Brasil (2002).

Currículo completo aqui